Atendendo a pedidos a memória desafia o tempo em busca de nossas melhores lembranças. Graças a ela, uma simples imagem é suficiente para que toda magia de um instante nos invada novamente e, num processo rejuvenescedor, acabe revelando que na maioria das vezes, o que julgamos perdido, está somente guardado a nossa espera. E como a nostalgia é um estado de espírito presente somente em quem viveu momentos felizes, o Acervo resgata uma coletânea de títulos que vão do clássico ao contemporâneo e são endereçados a todos que nos escrevem lembrando de momentos tão especiais de suas vidas. Aos amigos, nosso muito obrigado.

quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

O despertar do nosso amor


Durante a Guerra do Vietnã, a jornalista italiana Estela (Rosanna Armani) que está trabalhando para um jornal de seu País, encontra com alguns antigos companheiros de profissão inclusive o tenente George Barry (Glen Saxon) adido militar da imprensa americana em Saigon. As pessoas presentes a este encontro não sabem que num passado próximo os dois se conheceram e viveram um caso de amor. George acabou trocando Estela por Carol (Ingrid Embom) uma jovem mimada, filha de um político americano influente, que acompanha o marido indo viver na explosiva Cidade-Capital. Neste encontro casual em plena guerra, onde todos correm riscos, George e Estela que sempre se amaram, acabam se envolvendo novamente num romance, sem grandes esperanças de futuro, pois ele, não se vê em condições de pedir uma separação de Carol e Estela por sua vez, o acha um vencido. Neste clima, vivem uma relação conturbada e abalada pelos horrores da guerra que não poupa nada nem ninguém. Uma noite, Estela descobre que está sendo vigiada por George a pedido de seus superiores. Seria ela uma espiã? Indignada pela suspeita, volta para Roma. O tempo transcorre e novos acontecimentos acabam unindo estes dois jovens novamente nos campos de batalhas do distante Vietnã.

Supernovelas Capricho - Nº 244
O despertar do nosso amor
1970 - Editora Abril
72  Páginas
Download

Nenhum comentário:

Postar um comentário